Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

A direita, através da mídia, tenta cooptar os protestos

A grande mídia está tentando cooptar as manifestações.  Quando ouço Jabor se desculpar e elogiar, já acende em mim uma dupla luz vermelha ("cuidado", diz minha voz interior, " esse cara é o porta voz do que de pior existe para a democracia, a rede esgoto de televisão"); então observo a capa tendenciosa e subreptícia da Veja, como se ela desde sempre apoiasse as manifestações, somo aos elogios da Folha e do Estadão fechando o coro da mídia venal em favor dos Manifestos, justamente eles que semana passada exigiam gás lacrimogêneo, spray pimenta, borracha e chumbo, para essa mesma galera e que, ao longo da história recente, apoiaram a ditadura militar e apóiam tudo que é contra as aspirações das camadas mais desvalidas de nossa população. Minha voz interior não cala, "cuidado, a direita está armando um golpe através da única oposição as esquerdas no Brasil, a mídia; o movimento social está sem liderança efetiva e, como uma boiada, pode ser tangida pela tela da Re…

Lugar de petista é do lado do povo

Leio críticas a alguns movimentos sociais. A máfia do Rio-Ônibus, a Fetransportes, assim como a máfia das construtoras e outros grupos semelhantes, são sócios e partícipes do governo estadual e municipal no Rio de Janeiro. Sócios-asseclas. Veja o envolvimento da Delta com os governos fluminense e carioca, veja como estão loteando o Rio de Janeiro. Nem o Maraca, mais, é nosso. Ora, se a máfia do transporte público está "fechada" com o governo do estado e com a prefeitura, o que mais pode fazer quem quer lutar, o povo? Se omitir como ocorreu durante os anos da ditadura, em que muitos se sacrificaram por milhões que se acovardaram? Ficar inerte como ficou nos últimos anos ou botar o bloco na rua? Tá, existe inexperiência nas manifestações, mas não vejo outro meio de adquirir essa experiência sem ir para as ruas, as ruas são os palanques do povo. O Movimento Passe Livre tem feito isso, e não apenas ele. Outros movimentos surgem e essa é uma tendência mundial. Apenas a juventude…