sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Ajuda Humanitária, Gaza, nordeste, PIG* e propaganda cretina para tentar o impossível: derrubar Dilma.





















Ajuda Humanitária, Gaza, nordeste, PIG* e propaganda cretina para tentar o impossível: derrubar Dilma.



Por Paulo da Vida Athos.

Ando pra lá de saco-cheio com os imbecis de plantão que vão distorcendo os fatos para tentarem algum bônus eleitoral, algum voto incauto, como se o povo brasileiro não tivesse maturidade suficiente, e inteligência idem, para escolher quem será o próximo a presidir a República.

A última imbecilidade que criaram, que sujou minha caixa postal, foi sobre a LEI 12.292/2010 (LEI ORDINÁRIA) de 20/07/2010, através da qual o Brasil concedeu ajuda humanitária ao povo da Faixa de Gaza, que, sistematicamente, vem sendo exterminado pela política nazista aplicada pelo estado de Israel, que tanto pranteia o holocausto contra o povo judeu, mas não hesita em fazer o mesmo com os palestinos.

No bojo do lixo que enviam, misturam fatos e distorcem a verdade, e afirmam que enquanto o Brasil ajuda o povo palestino, “os brasileiros do nordeste sofrem horrores com a maior enchente já ocorrida com inúmeras mortes, lares destruídos, milhares de crianças passando fome e sede, sem ajuda do governo federal”.

Nada mais insano e desprovido de verdade. Chega a ser indecente. Mas não posso mesmo esperar decência daqueles que ao longo de décadas, de séculos, sempre apoiaram os que esbulham o povo brasileiro. Não fossem eles, certamente o golpe de 64 não teria feito tantas vítimas nem durado tanto tempo.

Fosse verdade que o governo Lula houvesse abandonado nossos irmãos nordestinos, meu caro, a mídia teria fomentado um golpe de estado, tipo o que houve na Venezuela, e Lula já estaria morto ou exilado. Nem Lula teria, justamente lá no nordeste, o maior índice de aprovação ao seu governo. Nacionalmente era de apenas 80,5% em agosto, e lá, no nordeste, a “terra dos abandonados” como deseja a oposição demente, o índice de aprovação a Lula é ainda maior.

Para conhecimento de alguns, o governo federal liberou R$ 800 milhões, apenas como ajuda inicial ao povo nordestino. O resto é cinismo, coisa de gente cretina, as mesmas que aplaudem Caveirão que entra em comunidades carentes matando culpados ou inocentes. Não sei como reagiriam se o mesmo acontecesse na zona sul...

O Brasil, historicamente, sempre concedeu ajuda humanitária: mesmo quando ainda era devedor ao FMI. Hoje, depois que o governo Lula colocou o Brasil como credor desse mesmo FMI, seria até desarrazoado não ajudar um povo que vem sendo tão massacrado.

Ao Haiti, ao longo da presença brasileira em apoio ao povo haitiano, o Brasil está empregando ajuda que atingirá cerca de R$ 645 milhões, muito além dos R$ 25 milhões oferecidos ao povo palestino, mas, como não foi em época de eleições, os imbecis de plantão não puderam fazer uso desse fato, em seu propósito de denegrir a imagem do governo que mais fez pelo pobre nesse país.

Ajuda humanitária que também foi oferecida a Cuba, Honduras e em várias outras partes do planeta.

Às vezes busco encontrar alguma razão nessa insanidade, mas não vejo nenhuma. São contra Lula por puro preconceito ou inveja. Preconceito, por Lula ter vindo da pobreza e alcançar o status que alcançou, enquanto a maioria de seus detratores, oriundos das camadas mais favorecidas, só consegue se chafurdar na própria merda que, nesse caso, se chama sordidez e despeito. Sim, meu caro, como diz o ditado popular: a inveja é uma merda.

Diante da irreversível marcha do povo para permanecer no poder através de Dilma Rousseff, a candidata de Lula e do povão, os antigos senhores da guerra e da terra, com seu exército de hienas, propagam as mais deslavadas mentiras, em desesperada tentativa de realizar o irrealizável: impedir Lula e o povo de elegerem Dilma para presidir a República.

Esses imbecis conheço-os bem. São os mesmos, ou herdeiros da canalhice, que participaram da Marcha da Família com Deus pela Liberdade, avalizaram os anos de chumbo, e mamaram na teta da viúva durante a orgia política que sangrou o Brasil e tirou a vida de milhares de seus filhos, através da tortura ou da miséria absoluta.

Esse tempo, acabou. O povo amadureceu e mentira tem perna curta.

Para felicidade geral da nação, Dilma presidirá a República!

*Partido da Imprensa Golpista

8 comentários:

Fatima Pacheco disse...

Paulo, um artigo maravilhoso. É assim mesmo que a midia e oposição golpista trabalham. Teu artigo esta claro e preciso.
Obrigada por compartilhar a resposta a oposição golpista que critica a ajuda humanitária que o Brasil presta a populações carentes e governos que se encontram em situações lastimavéis de sobrevivência.

Paulo da Vida Athos disse...

Agradeço suas palavras, Fátima, e as recebo com apreço que você merece, mulher guerreira e inteligente que é, e sensível ao que da Vida faz limite em sua vida.

Aproveito para parabenizá-la por seu blog, do qual sou leitor costumeiro, onde me encanto ou me aflijo em suas digas.

Biih disse...

A tempos não lia um artigo tão conciso e esclarecer. Parabéns
pela coragem de expor opniões.
:)

Paulo da Vida Athos disse...

Biih, grato pelas palavras que são combustível para continuar a jornada.

Paz!

Osvaldo disse...

Tá, mas afinal o $$$ foi doado para o HAMAS ou não?
Afinal a ANP hoje é de maioria do HAMAS certo?
O HAMAS é terrorista ou não?
Sequestrar é válido como técnica de "combate ao nazismo judeu"?

Osvaldo disse...

Outra pergunta: não é preconceito chamar de canalhas os que participam da Marcha da Família com Deus pela Liberdade?
Qual preconceito é melhor? O seu ou o deles?
Você é tudo o que mais odeia já percebeu? Só que ao inverso.
:)

Paulo da Vida Athos disse...

Caro Osvaldo,

Não, não acho que o povo palestino seja o Hamas, assim como não acho que o povo seja o governo ou que o povo judeu seja o Estado de Israel.

Muito menos acho que auxilo humanitário apenas se observa em tempos de paz. Qualquer tempo é tempo e auxílio humanitário é sempre bem vindo. Logo, minha resposta é não, não foi doação para o Hamas (a importância seria risível, para a guerra).

Quem participou da Marcha da Família com Deus pela Liberdade, se não era canalha era alienado.

E esses dois subgrupos deram ensejo ao que vimos depois: a tortura, o caos, e o silêncio dos coniventes por ação ou omissão.

Os iguais a mim, ou que pensavam como eu, lutaram enquanto puderam.

Uns morreram, outros viveram, para que pessoas como você pudesse estar usando a internete hoje, e me chamando de preconceituoso, podendo até criticar uma decisão do seu Presidente, sem censura.

Um dia você vai crescer, e entenderá o que escrevi.

Não era assim antes, nem seria assim hoje, no Brasil, se contássemos com os canalhas e os alienados que participaram daquela "Marcha da Família com Deus pela Liberdade".

Nominho cretino, não acha?

Paulo da Vida Athos disse...

Osvaldo,

Apenas para constar vez que esqueci de responder essa parte de sua colocação: não, a ANP não é maioria no Hamas, por singela razão: são inimigos, sabia?

Tanto que não faz quase uma semana que Israel e ANP lançaram ofensiva conjunta contra Hamas.

Era só...

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...