PF ESCUTA SEM ORDEM JUDICIAL: QUEM SÃO OS BANDIDOS?


Polícia Federal tem maleta que faz escuta sem passar por operadoras.



A Polícia Federal do Brasil incorporou a seu aparato tecnológico maletas com equipamentos capazes de realizar interceptações de telefones celulares sem recorrer às operadoras e, por isso, em tese, sem a necessidade de autorizações judiciais.

Para isso, a PF obteve o aval da Anatel, que analisou modelos importados que podem custar até US$ 500 mil. O equipamento, usado por unidades de elite dos EUA e da Europa, pode varrer as comunicações mantidas por meio de uma determinada ERB (Estação Rádio Base) - antena instalada pelas operadoras-, interceptar um sinal telefônico específico no ar e o decodificar.

A segurança do STF considera o uso da maleta de interceptação uma das hipóteses para a "provável escuta" detectada mês passado na sala do assessor-chefe do presidente do STF, Gilmar Mendes. Não há provas.

Procurada por repórteres da Folha de S. Paulo, a PF não respondeu a nenhuma questão sobre as maletas. A Anatel disse que analisou o equipamento a pedido do Ministério da Justiça para ser usado só como bloqueador de celular em presídios, com autorização judicial.

As maletas têm capacidade para bloquear e interceptar e decodificar sinais.

Fonte:

http://www.espacovital.com.br/noticia_ler.php?idnoticia=12434

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para Oxossi

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.

A França não merece perdão