quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Revelação



Revelação 


Encontrar-te
foi como me reencontrar,
completar-me
com o pedaço melhor de mim.

A forma, o lugar,
o teu olhar, a tua luz,
a energia e intensidade
que circunscreveu de eternidade
aquele instante,
foram mágicos.

Soube na hora
estar diante da mulher
para minha vida inteira,
e que a Vida me preparara
para encontrar a ti,
naquele instante,
para o restante
e o eterno
de todas as minhas horas.

A poesia tem disso...

Torna-nos sensíveis,
sensitivos,
e o poeta sabe
quando está diante do não transitivo,
do não explicável
ao se revelar,
como se, inteiro,
já estivesse em sua vida
antes da própria concepção.

E essa  foi forma perfeita,
finalizada, plena, absoluta,
com que o amor se revelou
em mim, através de ti,
para desmentir o poeta:
-Não!
Não és um fingidor!
Nascestes para viver o amor,
que por ela,
sentes!




Paulo da Vida Athos
Rio, dez 2017

Nenhum comentário:

Postagens mais visitadas

Ju Aventureira David

Bom dia minha aventureira... Que seja muito bom esse primeiro dia de um novo ano em tua vida, de muitos que ainda virão, e ple...