sábado, 19 de março de 2011

Vídeo com conteúdo criminoso contra o Islamismo no YouTube



Vídeo com conteúdo criminoso contra o Islamismo no YouTube


Que me perdoem os puristas por algumas palavras (bem) mal colocadas, mas tem coisa que me tira do sério. Após meu desabafo está o vídeo que me irritou profundamente.

Hoje assisti a um vídeo postado na internete, “O Islamismo será a religião dominante no mundo?”, cuja autoria é atribuída a Primeira Igreja Batista de São José dos Campos. Não creio! Isso não é coisa de igreja séria, voltada para Deus e para o bem estar da humanidade.

Com aparente inocência, o tal vídeo fala em pesquisas e expansão da população em alguns países europeus e passa a mergulhar na expansão do islamismo em detrimento de outras religiões, como se fosse uma grande conspiração. Na verdade, todo o tal vídeo é uma manifestação cretina e exposta do mais hediondo dos atos de preconceito que já tive a oportunidade de ver.

Porém, o mais preocupante nele não é o que a gente pode ver e ouvir, que é a mensagem direta: “- Olha gente, vamos fazer mais filhos e, se pudermos, vamos costurar a xereca das mulheres que professam o islam ou capar seu homens”, e faremos isso porque não queremos que, amanhã, alguém que professe o islamismo ocupe postos ou funções com poder de decisão financeira ou militar no nosso tão harmônico e justo “mundinho ocidental”. O mais preocupante é sua mensagem subliminar...

Não sei em outros países, mas nossa Constituição, protege e garante, pelo menos aqui em terras tupiniquins, a liberdade religiosa e suas manifestações, seus cultos e dogmas, de forma pétrea e inequívoca.

No Brasil, do catolicismo ao candomblé, passando por toda a gama de igrejas cristãs ou não, que tenham como norte a BÍBLIA ou o ALCORÃO, não sei -com licença da palavra mas é que essas coisas me deixam indignados-, quem fode mais: se judeus, católicos, umbandistas, kardecistas... Mas tenho duas certezas: a primeira, eitcha povinho fudedor esse meu, como cresce a população!!! E a segunda certeza, é que pelo menos nas últimas duas décadas os cristãos são os campeões nessa modalidade gostosa de competir...

Afirmo isso de tanto que já li que as igrejas cristãs são as que mais crescem no Brasil. Ou seja, aqui ela “ganha” de todos os outros “ismos”nessa coisa do corpo-a-corpo despolitizado.

Mas, voltando ao inicio, o mais preocupante para mim está no final do vídeo, quando conclama o espectador para a AÇÃO.

A mensagem subliminar que está contida na palavra AÇÃO, no contexto do vídeo, leva naturalmente a diversas interpretações...

Quer que eu aja como, jumento? Trepando mais em nome da minha religião? Ser uma grande parideira em nome de Deus? Matando os que não professam a mesma religião que eu? Impedindo-os de fazerem seus cultos ou de exercerem suas manifestações religiosas?

Olha, pra mim, basta! No Brasil, a coisa é diferente, graças aos deuses. A única AÇÃO que devemos tomar em minha modesta opinião é denunciar de todas as formas que pudermos, o preconceito e o perigo contidos nele, e esse é o caso desse vídeo.

E essa mensagem é manifestamente criminosa.

Se um pastor qualquer compactou com a criação desse vídeo: deveria dirigir um em Bangu I ou no inferno, o que dá no mesmo, tendo um tarado carente ou o rabudo colado em seu rabo, para lembrar que pimenta nos olhos dos outros é refresco.

Preconceito no Brasil é crime.

Com a palavra, o Ministério Público Estadual e Federal.

Paulo da Vida Athos

Eis o video:

Denucie no site do Ministério Público Federal e o de seu Estado.

2 comentários:

DiAfonso disse...

Parabéns pela postagem, caro Paulo Atos!

Grande abraço!

Paulo da Vida Athos disse...

Caríssimo mestre DiAfonso, das mil e uma palavras, das mil e uma lutas e tantas mais cicatrizes que são bandeiras: grato por suas sempre incentivadoras palavras!

Grande abraço e muita paz e proteção em sua vida, cumpadi!

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...