O BRASIL ESPERA SERENIDADE DE MINISTROS DO STF


Ministro Joaquim Barbosa acusa Gilmar Mendes de destruir a Justiça brasileira



Rio - O início da noite desta quarta-feira foi tenso no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. O ministro Joaquim Barbosa soltou o verbo e atacou o presidente do STF, Gilmar Mendes, dizendo que ele está 'destruindo a credibilidade da Justiça brasileira'. Em reação, Mendes riu e pediu respeito. A discussão caiu na internet momentos depois do bate boca.



Confira o vídeo

Os desentendimentos desta quarta começaram quando Mendes estranhou o fato de Barbosa o ter questionado sobre uma suposta sonegação de informações. O assunto era o julgamento de um processo sobre a Previdência pública no Paraná . "Vossa Excelência não tem condição de dar lição a ninguém", disparou Mendes. "E nem Vossa Excelência. Vossa Excelência me respeite. Vossa Excelência não tem condição alguma. Vossa Excelência está destruindo a Justiça desse País e vem agora dar lição de moral em mim? Vossa Excelência não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar. Respeite!", alfinetou Barbosa.

Nitidamente irritado, Barbosa atacou dizendo que Mendes não tinha conhecimento do que era a realidade brasileira. "Saia à rua. Vossa Excelência está na mídia, mas saia à rua", disse.

Com medo de deixar a situação se tornar insustentável, os ministros Marco Aurélio e Carlos Ayres Britto tentaram dar o assunto por encerrado. Em vão.


Passado se repete

Este não foi o primeiro desentendimento entre Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa durante uma sessão no plenário. Em 2007, os colegas de trabalho tiveram uma discussão quando Mendes propôs que fosse feita nova votação, com a presença dos 11 ministros, sobre um assunto tratato anteriormente. "Ministro Gilmar, me perdoe a palavra, mas isso é 'jeitinho'", disse Barbosa. Para cortar o assunto, Mendes disse que não responderia à provocação de Barbosa. "Vossa Excelência não pode pensar que pode dar lição de moral aqui”, retrucou Mendes, em 2007.

Sobre o desentendimento desta quarta, Mendes prometeu uma coletiva para falar sobre o caso.

Veja o vídeo da briga entre os ministros em 2007

O Brasil precisa da serenidade de seus Ministros da Suprema Corte.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para Oxossi

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.

A França não merece perdão