quarta-feira, 21 de abril de 2010

Bairros com UPP tiveram queda na criminalidade




Bairros com UPP tiveram queda na criminalidade






Por João Noé


Rio - Não foram só os moradores de Copacabana que se beneficiaram com a redução da criminalidade depois da implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Em Botafogo, onde fica a UPP do Santa Marta, houve queda de 71,4% nos roubos a residências, 46,1% nos de veículos e 15% de rua (a pedestre, de celular e em coletivo), na comparação entre fevereiro deste ano e o mesmo mês de 2009. A redução dos delitos já contribui para a valorização de imóveis.

Foto:
Parte dos 1.020 policiais militares formados nesta terça-feira atuarão na UPP da Providência | Foto: Alessandro Costa / Agência O Dia

A população de Jacarepaguá, que conta com a UPP da Cidade de Deus, também comemorou a queda dos roubos de rua (31,7%) e dos homicídios (20%). Segundo Pesquisa do Sindicato da Habitação do Rio (Secovi-RJ), imóveis nos três bairros chegaram a ter mais de 40% de valorização depois da pacificação. “A população viu que as UPPs fazem parte de uma política consistente”, explica o vice-presidente do Secovi-RJ, Leonardo Schneider.

Ontem, mais 1.020 policiais militares se formaram para trabalhar em unidades. A maioria deles vai para as que ainda serão inauguradas. “É uma visão nova de polícia. Esses policiais já entram sabendo que vão participar de um policiamento diferente em territórios antes dominados por criminosos e, agora, dominados por eles e pela comunidade”, afirmou o governador Sérgio Cabral.

O sociólogo Geraldo Tadeu, do Instituto Brasileiro de Pesquisa Social (IBPS), atribui a redução da criminalidade a uma série de fatores, entre eles, a premiação de policiais e as UPPs: “A queda dos índices foi intensificada com a chegada das unidades. Isso ocorre, principalmente, com os homicídios, pois antes havia guerra entre facções”.

Para a presidente da Associação de Moradores de Botafogo, Regina Chiaradia, os avanços da segurança encontram obstáculos no bairro. “Houve queda, mas como Botafogo é cheio de rotas de fuga, não conseguimos acabar com alguns crimes, como aconteceu em Copa”, disse. Como noticiou ontem O DIA, Copacabana zerou os índices de homicídio, latrocínio, roubo de residências e de veículos.

Embora ainda esteja distante dos índices do bairro da Zona Sul, a população de Jacarepaguá comemora. “Hoje em dia, a gente consegue caminhar tranquilo pela região. Antes, os tiroteios eram frequentes. Até o valor dos imóveis aumentou”, afirma Tânia Gusmão, presidente da Associação de Amigos e Moradores do bairro Vitória Régia, que fica ao lado da Cidade de Deus.

Os reflexos também foram sentidos no comércio. Segundo Aluizio Cunha, diretor da Associação Comercial e Industrial de Jacarepaguá (Acija), cresceu o interesse de empresários por negócios no bairro. “A chegada das UPPs mudou a realidade da região”, garante.

Aumento para PMs ainda este ano

O governador Sérgio Cabral anunciou ontem, na formatura dos PMs no Maracanãzinho, que dará aumento aos policiais. Mas não disse quanto. “Esse ano, a polícia vai ganhar aumento. Até 2016 vocês terão o salário triplicado”, prometeu Cabral, que foi aplaudido.

Dos 1.020 novos PMs, 255 vão para a UPP do Morro da Providência, que será inaugurada na segunda-feira. O comandante-geral da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, disse que o estado pretende contratar quatro mil homens ao ano. “Mais que soldados da PM, vocês serão nossos pacificadores”, disse ele em seu discurso.


Fonte O Dia

Nenhum comentário:

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...