REFORÇO PARA AS MILÍCIAS. A NOSSA FARC NÃO COMBATIDA


Ministério Público denuncia 73 PMs do batalhão de Duque de Caxias



O Ministério Público estadual em Duque de Caxias acaba de denunciar 73 policiais do 15º BPM (Duque de Caxias) por formação de quadrilha e extorsão. Dentro da lista, estão os 57 PMs que foram presos, no mês passado, por suspeita de envolvimento com traficantes de favelas em Caxias . Todos responderão pelos crimes na Justiça comum, e também foram denunciados pela Auditoria Militar por concussão - extorsão praticada por agente público no exercício da função. Além disso, seis PMs do grupo denunciado responderão também por associação para o tráfico.

Os 57 PMs presos no início da Operação Duas Caras tiveram a prisão preventiva decretada nesta terça-feira, quando se esgotaria o prazo de 30 dias da prisão temporária. Os outros 16 policiais foram reconhecidos segunda-feira, por uma testemunha, como sendo policiais que também receberiam propinas de traficantes da favela Santa Lúcia.

Até a noite de terça, a Polícia Militar não havia recebido cópias da decisão judicial. Por isso, nenhuma operação foi deflagrada para cumprir os mandados de prisão. Além dos 73 policiais, a Justiça determinou a prisão de sete traficantes. Todos participariam do esquema de pagamento de propinas.

Três promotores - que não tiveram os nomes divulgados por questão de segurança - assinam a denúncia, a ser apreciada pela juíza Maria Daniela Binato de Castro, da 1ª Vara Criminal de Caxias. A magistrada será auxiliada pelo juiz Paulo César Vieira de Carvalho Filho, do Juizado Especial Criminal (Jecrim).


Fonte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para Oxossi

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.

A França não merece perdão