segunda-feira, 15 de março de 2010

França dá nova virada à esquerda


França dá nova virada à esquerda



RIO, 14 de março de 2010 - Pesquisas de boca de urna na França indicam uma derrota do partido do presidente Nicolas Sarkozy nas eleições regionais realizadas neste domingo no país, informa O GLOBO em reportagem publicada nesta segunda-feira. Com 81% dos votos apurados, a UMP, de direita, tinha 26,7% dos votos, contra 30% dos votos do seu maior rival, o Partido Socialista.

Outras legendas de esquerda, como o Europa-Ecologia, e a Frente de Esquerda, com respectivamente 12,3% e 6,2% dos votos, contribuíram para a derrota da direita. A Frente Nacional, de ultradireita e política anti-islâmica, de Jean Marie Le Pen, deveria ficar com 11% dos votos. O segundo turno das eleições será realizado no próximo dia 21.

Em meio a boatos sobre sua separação, Sarkozy votou acompanhado da primeira-dama, Carla Bruni. Mais de 44 milhões de franceses estavam habilitados a votar para eleger 1.880 deputados provinciais das 26 regiões da França - com a esquerda devendo conquistar 22 regiões. O índice de abstenção, porém, foi de 52%, considerado um recorde para eleições regionais. O pleito é considerado o último teste de Sarkozy antes de tentar concorrer à reeleição em 2012.

Mesmo assim, Sarkozy vinha minimizando a importância das eleições regionais, afirmando que o resultado não teria impacto em suas reformas. Mas a vitória dos socialistas pode dar força ao partido após anos sem conseguir constituir uma oposição forte. Os índices obtidos pela UMP, que controlava apenas duas das 26 regiões (Córsega e Alsácia) supõem um resultado historicamente baixo para uma maioria no poder.


Fonte: O Globo Online

Nenhum comentário:

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...