SINAIS DE ESPANCAMENTO E TORTURA NA OPERAÇÃO DA PM NA VILA CRUZEIRO. É... POSE SER.


Vila Cruzeiro tem quatro mortos e dois feridos

Um dos mortos chegou com sinais de espancamento e queimaduras.
Batalhão fez operação no local e trocou tiros com criminosos.
Os corpos de Ricardo Brito, de 21 anos, Alexandre Correia, de 26 anos, e Sandro Luiz Roque, de 31 anos, além de um jovem ainda não identificado, mortos na tarde desta quarta-feira, durante operação da PM na Vila Cruzeiro, Penha, Zona Norte, permanecem no IML. O corpo de Sandro, que foi morto por espancamento, ainda não foi necropsiado. Parentes das vítimas ainda não foram ao instituto providenciar a liberação dos mortos.


Quatro pessoas morreram e duas ficaram feridas na tarde desta quarta-feira (21) na Vila Cruzeiro, na Penha, subúrbio do Rio. Um dos mortos chegou com sinais de espancamento e queimaduras. Os outros foram baleados, assim como os feridos.

A operação do 16º BPM (Olaria) começou ainda na parte da manhã, quando houve troca de tiros com traficantes. O clima ainda é tenso.

Segundo a polícia, três dos mortos foram feridos durante o confronto e seriam criminosos. O batalhão não soube informar as circunstâncias da morte da quarta pessoa, que tinha sinais de espancamento.

Fonte.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para Oxossi

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.

A França não merece perdão