MEU CARTÃO DE NATAL...

Sexta-feira, Dezembro 23, 2005

MEU CARTÃO DE NATAL...




por Paulo David.


Não sei muito bem procurar cartões,
Desses lindos que muitos já enviaram para mim,
Para retribuir.

Não sei desenhar ou pintar.
Sei amar e viver,
E ser grato à vida e a você,
Que não se esqueceram de mim...

No entanto pegarei um céu azul,
Bonito, com nuvens no horizonte
Já avermelhadas pelo sol poente.

Colocarei sob o céu,
As nuvens e o sol,
Um vale e nele um lago azul
Onde esse mesmo céu se espelha e se embriaga
Observando o esplendor de si próprio,
De sua própria beleza indizível.

Agora planto uma floresta
Esverdeando tudo.
E montanhas ao longe também virgens em seu verdor
De mata ainda intocada pelo homem. Só pelo vento.

Coloco pássaros cortando a vermelhidão do ocaso
E um perfume de flores conduzido pela brisa
Que por gosto ou acaso
Atravessa a floresta e impregna o ar.

O canto das aves
E todos os sons das matas
Fazem a sinfonia nesse quadro
E, num solo, ao longe
A orquestra se completa com a queda
Das águas da cachoeira distante
Onde, por sobre a qual,
Se acende um arco-íris!

Pronto.

Está feito seu cartão de Natal!

Coloque-se nele...

E que papai Noel, o do Céu
Aquele no qual você crê,
Traga para todos nós de presente:
Um 2006, assim!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para Oxossi

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.

A França não merece perdão